Diversos

Departamento de Agricultura desenvolverá nova estrutura NAIS

Departamento de Agricultura desenvolverá nova estrutura NAIS



We are searching data for your request:

Forums and discussions:
Manuals and reference books:
Data from registers:
Wait the end of the search in all databases.
Upon completion, a link will appear to access the found materials.



Foto cedida pelo USDA / Dean Anderson
O USDA anunciou que revisará o NAIS para permitir uma rastreabilidade de doenças animais mais flexível.

O USDA estará desenvolvendo uma nova estrutura para rastrear doenças animais nos Estados Unidos, disse o secretário da Agricultura, Tom Vilsack, em um anúncio em 5 de fevereiro de 2010.

A flexibilidade será o foco do novo sistema à medida que o USDA tenta responder ao feedback do atual Sistema Nacional de Identificação de Animais. As mudanças estão sendo feitas em resposta às preocupações dos estados, nações tribais e produtores recebidos durante uma turnê de escuta no NAIS. Uma preocupação levantada durante a viagem foi que o NAIS não beneficia a produção de pequenas propriedades.

“Um dos meus principais objetivos para esta nova abordagem é construir um processo colaborativo para moldar e implementar nossa estrutura para rastreabilidade de doenças animais”, disse Vilsack.

O USDA afirma que o novo sistema de rastreabilidade de doenças animais irá:

  • Aplica-se apenas a animais movidos no comércio interestadual
  • Ser administrado por estados e nações tribais
  • Incentive o uso de tecnologia de baixo custo
  • Ser implementado de forma transparente por meio de regulamentos federais e de todo o processo de elaboração de regras

À medida que o USDA desenvolve o novo sistema de rastreabilidade de doenças animais nos próximos meses, ele buscará contribuições dos agricultores, pecuaristas e do público durante o processo.

Leia a ficha técnica do USDA sobre a nova estrutura de rastreabilidade de doenças animais para saber mais.


Assista o vídeo: Milho branco tem potencial para produção de farinha sem glúten (Agosto 2022).